Catarata

O termo “catarata” é usado para qualquer tipo de opacidade do cristalino, que é uma lente natural do olho. Ela é a principal causa de cegueira no mundo.  A causa mais comum da catarata é o envelhecimento do cristalino pela idade, havendo um grande aumento na incidência da doença a partir dos 60 anos. Entretanto, também poderá estar associada a alterações metabólicas que ocorrem em certas doenças sistêmicas (ex: Diabetes Mellitus), secundária ao uso de alguns medicamentos (ex: corticoides), trauma, e até mesmo cataratas congênitas que acometem recém-nascidos.

O principal sintoma da catarata é a baixa de visão crônica, com a sensação de visão embaçada. No início do quadro a catarata não perturba sua visão, mas com o tempo ela interfere na qualidade de vida das pessoas, tornando mais difíceis tarefas como ler, dirigir um carro ou assistir televisão. Quando a doença prejudica com as atividades normais, é necessário fazer o tratamento da doença.

 

Após feito o diagnóstico de catarata, são necessários alguns exames pré-operatórios que devem ser feitos antes da cirurgia. Alguns exemplos desses exames são microscopia especular, biometria, exames para avaliar a curvatura corneana, entre outros.

Não existem tratamentos clínicos ou a base de colírios, sendo a cirurgia o único método eficaz para tratar a perda de visão causada pela catarata. O procedimento envolve a remoção da lente turva do olho, que é substituída por uma lente artificial, chamada de lente intraocular (LIO). A técnica utilizada é chamada de “Facoemulsificação”, em que uma pequena incisão de 2.4mm é feita e a catarata é quebrada e aspirada utilizando-se uma caneta com ultra-som. Após a remoção da catarata, uma lente intraocular dobrável é inserida pela mesma incisão já feita. Para melhorar a qualidade das suas cirurgias e proporcionar a seus pacientes maior segurança, a Clínica CEO também utiliza o laser mais moderno do mundo para cirurgias de catarata, chamado de “Femtosecond”. Esse laser atua fazendo a incisão corneana, retirando a cápsula anterior do cristalino e fazendo as quebras da catarata, reduzindo significativamente o tempo cirúrgico, diminuindo o uso de lâminas cortantes e melhorando a qualidade da cirurgia.

No pós operatório, os pacientes apresentam melhora importante da visão, além de outros benefícios como melhora da visão de cores e melhora da qualidade de vida, pois muitas vezes os pacientes podem voltar a fazer atividades que a catarata impedia, como dirigir ou ler livros. Muitos pacientes também reduzem a necessidade de óculos, pois as lentes intraoculares selecionadas visam corrigir os erros refracionais prévios. Dependendo da lente intraocular escolhida, também pode-se diminuir bastante a dependência do óculos para perto, com as chamadas lente multifocais.

Os aparelhos mais modernos do mundo para cirurgia de catarata disponíveis na Clínica CEO.